sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

A Importância dos Recursos Tecnológicos no Ensino de Geografia


O texto A Importância dos Recursos Tecnológicos na Geografia trata das tecnologias educacionais e seu uso nas aulas de Geografia e como esses recursos podem contribuir no ensino e na aprendizagem dessa disciplina. O modelo da sociedade tradicional criou uma educação tradicional o que de certa forma limitou muito o ensino da Geografia, deixando a visão critica de lado, valorizando apenas o escrito e o apresentado oralmente. O uso das novas tecnologias educacionais dentro da sala de aula aparece como uma oportunidade de apresentar os conteúdos geográficos, já que boa parte dos alunos tem acesso à tecnologia, seja em casa ou em outros lugares. Entende-se que esse modelo de ensino parece muito mais interessante do que o modelo de educação tradicional, entretanto nem sempre essa oportunidade é  dada a todos, um exemplo disso são os alunos de escolas publicas que pouco lhes é oferecidos acesso as tecnologias.
            O procedimento metodológico da pesquisa foi baseado em pesquisas bibliográficas a respeito do tema abordando a problemática do ensino de Geografia no tocante às dificuldades de uso e aplicação dos novos recursos tecnológicos.
            A analise e observação das relações: 1) professor-aluno; 2) professor – “novos” recursos didáticos: e 3) alunos - “novos” recursos didáticos; assim como a entrevista com alguns alunos e professores de Geografia também fizeram parte dos métodos aplicados. Essas observações e analises foram realizadas em algumas escolas publicas da cidade de Porto Nacional no estado do Tocantins.
             O texto traz algumas informações, que é de fundamental importância para discutir essa nova realidade, como por exemplo: o relacionamento do professor com os alunos, algo fundamental para a aceitação das “novas” tecnologias dentro da sala de aula, o domínio das tecnologias pelos professores, a interação interdisciplinar, relacionando tempo e espaço entre outras. Na analisar dos dados da pesquisa o texto mostra que para os alunos o uso dos recursos tecnológicos transforma uma aula monótona em uma boa aula, entretanto em relação aos professores apontam muitas dificuldades na utilização desses recursos, como por exemplo; dificuldade em aceitar e/ou manusear os novos recursos tecnológicos, segundo o texto a TV e o aparelho de DVD já são utilizados em sala de aula, mas ainda existe uma grande dificuldade com o uso do computador ligado a internet e o data-show, devido também ao custo na manutenção desses materiais eles são guardados em salas específicas, e são pouco utilizados nas escolas.
            Outro ponto importante do texto é quando trata da questão do profissional capacitado ou não. “uso das tecnologias não pode ser eficiente se em sala de aula existe um professor deficiente”. É importante um aparato tecnológico nas escolas, mas não devemos deixar de analisar a questão da preparação desse “professor” que em muitos casos não tiveram contato com essa “nova” tecnologia no seu processo de formação; é preciso reciclar esse profissional, proporcionar-lhe segurança, domínio para lidar com essa nova realidade.
Diante disso entendemos que a tecnologia deve incentivar o aprendizado do aluno e ser um auxilio para uma boa aula, contudo, o professor precisa planejadar especialmente bem a sua aula para que esta atraia a atenção do aluno sem fugir dos conteúdos. A responsabilidade do sucesso das novas tecnologias educacionais de certa forma depende muito do professor, pois ele será o responsável por se adequar à nova didática e pela procura da forma mais conveniente da utilização destes novos métodos para que essa atividade traga benefícios para a educação e, sobretudo no ensino de Geografia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário